Sim.


A Regra de Cardan é utilizada pela maioria dos astrólogos e segue um pressuposto lógico: se um astro está no final de uma casa, então ele está em conjunção ao início da seguinte.


Para o caso de um trânsito entre dois planetas, consideramos uma determinada quantidade de graus antes e depois do momento exato do aspecto com o planeta natal.


Dependendo do aspecto e do planeta envolvido, essa margem pode ser de 5 ou 7 graus. Isso porque é possível sentir o trânsito um pouco antes de ele atingir o exato grau do aspecto, o seu ápice, e também por algum tempo depois.