No Mapa Astral Personare são identificados acúmulos, neutralidades e ausências dos elementos, para que você possa entender melhor sobre seu temperamento.


Esse cálculo dos elementos em seu Mapa é feito de acordo com a quantidade de planetas existentes nos signos das casas astrológicas. Sendo assim, os 12 signos do zodíaco se dividem entre os 4 elementos, da seguinte forma.


FOGO

Áries | Leão | Sagitário


TERRA

Touro | Virgem | Capricórnio


AR

Gêmeos | Libra | Aquário


ÁGUA

Câncer | Escorpião | Peixes


Analisando essa distribuição, nosso sistema realiza um cálculo considerando uma regra da Astrologia que é baseada em valores atribuídos a cada planeta, ao seu signo Ascendente e ao seu signo do Meio do Céu.


Já os planetas Urano, Netuno e Plutão não entram nessa contagem de valores dos elementos. A conta não considera qualquer corpo celeste, e sim especificamente os astros visíveis, ou seja, Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno. Além disso, contamos o ascendente também.


Os planetas que estão localizados no céu depois de Saturno são geracionais. Isso significa que eles ficam anos num mesmo signo. Por exemplo: todas as pessoas nascidas entre 1971 e 1975 têm Urano e Plutão em Libra (signo de Ar), mas esse fato não significa que todas essas pessoas têm acúmulo de ar no seu Mapa.


Na análise do Mapa Astral o importante é o que tem predominância e mais influência, por isso alguns elementos se sobressaem entre os outros. O peso dos planetas inclusive, varia de acordo com o sexo da pessoa analisada.