Apesar de os planetas estarem no céu, os signos são trópicos terrestres, e não celestes. Isso significa que eles são fixos e não mudam de lugar.


Cada signo é o resultado da interação da Terra com um planeta, sendo, portanto, um ângulo da Terra em relação a cada astro.

 

Em número de doze (Áries, Touro, Gêmeos etc), os signos oferecem uma base descritiva da identidade e comportamento das pessoas e não existe um melhor do que o outro.

 

O signo solar é aquele que todo mundo conhece: o resultado da interação de nosso planeta com o astro-rei, o Sol.

 

Temos também outros signos: o signo lunar, o de Mercúrio, Vênus, e assim por diante.

 

Cada um destes signos planetários será estudado em seu Mapa Astral.