Astrologia compreende os principais astros do sistema solar como planetas. Trata-se de uma percepção geocêntrica, na qual a Terra é considerada o centro do universo.

 

No caso da mandala astrológica, podemos considerar você como o centro das interações astrais.

 

Os planetas num Mapa revelam funções psíquicas e a forma como elas se expressam em sua natureza.

 

Confira, abaixo, os planetas que compõem as análises astrológicas e seus respectivos significados:

 

Sol: Esse astro representa a maneira como você expressa a sua natureza mais essencial, o seu eu na forma mais básica. Ele aponta a forma como você compreende o seu poder pessoal e a sua identidade, revelando a forma como você se afirma e se mostra diante do mundo.

 

Lua: A Lua é o astro relacionado às questões emocionais. Ela mostra como você lida com a sua sensibilidade e as reações emotivas que você tem diante da sua vida. Aqui também entra em consideração os condicionamentos que você traz da sua infância.

 

Mercúrio: Esse é o planeta da razão. Mercúrio está relacionado a tudo que envolve o raciocínio e a inteligência humana. É também o astro da comunicação e do comportamento mental. Ele revelará a forma como você se expressa.

 

Vênus: Esse planeta é o representante da beleza e do amor. Ele mostra a sua forma de lidar com o amor, com a feição. Mostra onde se encontra os valores que você dá às coisas e às pessoas, como você enxerga o belo.

 

Marte: Marte mostra o seu relacionamento com as questões que exigem esforço e conquista. Como você lida com a sua força? Ele vai mostrar como funciona o seu espírito de luta.

 

Júpiter: A forma como você vai buscar um sentido para a sua existência é representada por Júpiter. Esse planeta revela as questões relacionadas a oportunidades, crescimento pessoal e objetivo de vida. A fé, a filosofia e o sentido de justiça também são temas representados por esse planeta.

 

Saturno: A representação das suas inseguranças e valores morais são representadas por Saturno. A forma como você pretende se destacar, a sua excelência e poder de determinação também são pontos importantes para esse planeta. As regras que regem a nossa vida e as escolhas morais que acabamos optando são demonstradas na análise desse planeta.

 

Os planetas que estão localizados no céu depois de Saturno são considerados geracionais, pois ficam anos num mesmo signo.


Para a Astrologia, os planetas Urano, Netuno e Plutão são os responsáveis pelo pano de fundo coletivo. Quando estes planetas adentram um novo signo, as motivações e a forma de atuar das pessoas de toda uma geração mudam, não somente dos indivíduos.


Por exemplo: todas as pessoas nascidas entre 1971 e 1975 têm Urano e Plutão em Libra.

 

Urano: Urano representa a revolução e o nosso espírito de mudança. Em quais áreas você expressa sua originalidade? Aqui é mostrada a sua sede pelo novo, pelo desconhecido e também onde reside a sua confusão mental e contradições.

 

Netuno: As relações com a espiritualidade são mostradas em Netuno. Até que ponto as ilusões que criamos são realmente crenças? As tendências que você se apega para expressar uma dimensão maior e as aparências que criamos para disfarçar a nossa realidade são retratadas nesse planeta.

 

Plutão: Representa a forma como você lida com as questões relacionadas à morte e ao renascimento. Plutão vai mostrar a existência de um poder maior que você e como você lida com essa descoberta. Está ligado aos ciclos de vida e à descoberta de grandiosidades maiores que você.