Os elementos Fogo, Terra, Ar e Água são o núcleo de estudo da Astrologia e agrupam, cada um, três signos do zodíaco (Fogo: Áries, Leão e Sagitário; Terra: Touro, Virgem e Capricórnio; Ar: Gêmeos, Libra e Aquário; Água: Câncer, Escorpião e Peixes). Existe um simbolismo da época de Aristóteles segundo o qual a natureza e tudo que há nela é composto por esses quatro elementos, o que explicava o que hoje é reconhecido como a atração gravitacional. Antigamente, por exemplo, explicava-se que uma folha demorava mais a cair no chão do que um objeto como um lápis porque a folha era composta por Água e Terra, fazendo com que parte dela ficasse no ar e outra parte caísse no chão. Por outro lado, o objeto mais pesado continha apenas Terra, o que o "puxava" para o chão mais rapidamente. Hoje, sabemos que a folha demora mais por causa do atrito do ar.