É um conceito usado pelo Alexey Dodsworth segundo o qual cada planeta rege dois signos, por causa das polaridades masculina e feminina, também chamadas respectivamente de Yang e Ying pelos orientais. Nesse conceito, as polaridades de cada planeta também podem ser vistas como opostas, uma diurna (positiva) e outra noturna (negativa), de modo que se equilibram e só funcionam quando estão juntas.


Mesmo assim, Alexey concorda que Urano, Netuno e Plutão se assemelham muito a Aquário, Peixes e Escorpião, respectivamente. Essa semelhança pode nos levar a considerar um conceito de regências moderno, que corresponde os três planetas a esses três signos. Exemplo: quem rege Escorpião é Marte, mas, num âmbito moderno, Plutão também é regente.