A Astrologia é um estudo de autoconhecimento que nasceu da associação entre a movimentação dos planetas e o comportamento humano. Há milhares de anos atrás, os homens acreditavam que as estrelas errantes, que caminhavam pelo céu conforme as noites iam passando, poderiam refletir os acontecimentos aqui na terra.

Essas estrelas, hoje conhecidas como planetas, foram nomeadas de acordo com os deuses da mitologia romana, aos quais suas influências correspondiam: Vênus, a deusa do amor; Mercúrio, o deus mensageiro; Marte, o deus da guerra e Júpiter, o deus do dia.

Mais do que signos, a Astrologia é um conjunto de complexos cálculos que determinam um sistema onde você é o centro e está interligado astros que lhe cercam. Esse sistema é gerado a partir da data, hora e local do seu nascimento. Quanto mais aproximados do momento exato em que você veio ao mundo, mais precisas serão as suas análises.

A Astrologia está entre os primeiros aprendizados humanos, antes da escrita. Uma prova disso é que registros de seus estudos podem ser encontrados em ruínas de quase todas as civilizações antigas, desde a Grécia à Babilônia, da China até Roma.

Há mais de dois mil anos esses estudos relacionando as modificações do céu e seus efeitos na vida humana forem se desenvolvendo, permitindo, inclusive, a determinação das estações do ano.

A partir do século XX, a Astrologia ganhou novas perspectivas, aliando-se à psicologia. Este seu aprimoramento permitiu a criação de análises cada vez mais direcionadas ao nosso cotidiano, sem perder a essência e a sabedoria de mais de seis mil anos atrás.